Bobas cartas de amor

Bobas cartas de amor

Escritas por um ser que não sabia amar

Bobo foi ele

Por deixar de tentar
Contou tantas histórias

Sobre quem um dia conheceu

Dando voltas na floresta

Ele sozinho se perdeuNas memórias, nos bilhetes

Que um dia escreveu

Nas histórias que contou

“por campos azuis

Nós corríamos”

Com pele e cor

Mas sem fotos de uma florEra tão feliz com as memórias

Que se esqueceu

De quem era a pessoa que еle tanto conheceu

Dе volta na cidade

Ela pra longe se mudouBobas cartas de amor

Escritas por um ser que sabia amar

Quem sabe um dia

Eles ainda vão se encontrar