Passa a Palavra

[Intro: Cadu]

Yo
[Refrão: Cadu]

A equipa avança, não há barreiras

Se eu ficar – Se eu ficar parado então é mentira, não há maneira

Se eu ficar parado p’ra mim ‘tou morto

Este é p’ra aquele que passou sufoco

Para aquele que só queria amor

Para aquele que queria alguém para acreditar naquilo que ele sonhou

Acordei feliz, mas eu nem mereço, então mais rápido eu fiquei triste

O dinheiro não cai do céu, nem com a conta cheia eu fico feliz

Amaldiçoado por querer mais, vou acabar por ficar com menos

A minha fam merece melhor, todos os dias acordo e penso

Eu todos os dias acordo e penso naquilo que posso ou não fazer

Nesta selva sou mais que humano, ninguém vive, só sobreviver

Quem não gosta ‘tá a passar mal, quem me curte vê-me vencer

Quem confia passa a palavra, quem não confia vai ter de ouvir

[Verso 1: Elceekay]

De volta ao jogo, passa a palavra, ousado, [R10?] no Barça

O fumo é foda e nem é da NASA, na minha zona pede palmada

Todos os dias acordo e penso q’eu tenho que buscar mais massa

Nunca quis ser o melhor, objetivo: quebrada no mapa

Parar de novo nem por nada, people pergunta onde eu tenho andado

Sempre a andar na minha calçada, vou de Nike, não vou descalço

Ogcadu aka LaFlame, mano, eu juro que só canto com astros

Leviano já falou que isso daqui ‘tá ficando fácil

‘Tive aí uns meses ausente, acumular conhecimento

Afastei-me de alguma gente, é que o microfone ficou carente

Sucesso não te bate à porta, tens de ir à procura dele

Não importa o que te falam, bagulho é o mambo ficar quente

E entro de novo na cena nas calmas, só saio daqui c’umas notas nas calças

Cada vez mais [joia?], weed da Guatemala

E por mais que tu tentes, mais nada me cala

Só paro quando eu e os manos ‘tivermos vestidos como se a gente fosse numa Gala

Cheiro no pescoço, já sabes que exala

‘Tamos dentro do campo, ‘tou-te a ver na bancada[Refrão: Cadu]

A equipa avança, não há barreiras

Se eu ficar – Se eu ficar parado então é mentira, não há maneira

Se eu ficar parado p’ra mim ‘tou morto

Este é p’ra aquele que passou sufoco

Para aquele que só queria amor

Para aquele que queria alguém para acreditar naquilo que ele sonhou

Acordei feliz, mas eu nem mereço, então mais rápido eu fiquei triste

O dinheiro não cai do céu, nem com a conta cheia eu fico feliz

Amaldiçoado por querer mais, vou acabar por ficar com menos

A minha fam merece melhor, todos os dias acordo e penso

Eu todos os dias acordo e penso naquilo que posso ou não fazer

Nesta selva sou mais que humano, ninguém vive, só sobreviver

Quem não gosta ‘tá a passar mal, quem me curte vê-me vencer

Quem confia passa a palavra, quem não confia vai ter de ouvir